Make your own free website on Tripod.com

  Home | E-mail | Core Web Labs | Aspecto Jurídico | Crimes

Na Mídia
Música
Artes
HQs
Tv
Vídeos
Disney

Nos Famosos
Beatles
Microsoft
Papa
Xuxa

Nos Desenhos
Pokémon
UFOs Terrestres

Nos Jogos
Games
RPG

Outros
Em 20 dólares
Nas Prop. de Cigarro
Nos Alimentos



 

 

 

 

 

 

 

 

 Disney

Tópicos:                                           Ir para 2ªParte -  Na Disney2 

Na Disney     
-
Você sabe quem era Disney?
-
Sua obra:
-
Você já percebeu que:
-
Alguns fatos sobre a Disney
-
Relação dos principais vídeos da Disney
  *
Branca de Neve e os 7 anões
  *
Fantasia
  *
Pinóquio
  *
Dumbo
  *
Bambi
  *
Cinderela
 Na Disney 2
  *
A Bela Adormecida
  *
A espada era a lei
  *
Mowgli
  *
Robin Hood
  *
Bernado e Bianca
  *
A Pequena Sereia
  *
A Bela e a Fera
  *
Aladdin
  *
Hércules
  *
Rei Leão
  *
101 Dálmatas
  *
Pocahontas
  *
Toy Story - Toy Story2
  *
Uma Cilada para Roger Rabbit
-
Glossário
-
Referências

 Você sabe quem era Disney?

Disney não é só lembrado por ter sido o idealizador do modelo industrial dos desenhos animados, da indústria de entretenimento americana, ou por ter desenvolvido como ninguém do seu tempo, o marketing das histórias em quadrinhos e de sua influência sobre o imaginário de várias gerações. Decididamente não. Disney foi, e ainda é, um dos nomes mais odiados pela esquerda, não só americana, mas de muitos outros 'parques'. Aliás, não só esquerda, mas por todos aqueles que se dispuseram a procurar algo mais que simples fantasia e lazer no 'inocente' mundo do "Papai Walt Disney". Sabemos que incomoda muita gente, exumar lembranças não muito animadas do criador do império do entretenimento que perdura até hoje. Quem gosta de lembrar de Disney, como um homem 'dedo-duro' de pessoas que se opunham ao governo americano em 1947, durante os processos da Comissão de Atividades Antiamericanas? Quem não se escandaliza ao falarmos de Disney que, quando menino vestia as roupas da mãe e usava suas maquiagens? De um Disney simpatizante do (argh) nazismo? Do Disney ateu e racista? Do Disney reacionário, informante secreto da polícia americana (FBI)? Do Disney que viraria depois um alcoólatra?
<Voltar>

Sua obra:

Disney produziu 21 longas de animação, 497 curtas e 56 longas, sem falar dos programas de TV "Clube do Mickey", "Zorro" e outros, que lhe renderam nada mais que 29 Oscars. Já se afirmou também que as revistas e os filmes de Walt Disney (vide glossário, no final da seção), o criador da Disneylândia, da Disney World e do desenho animado, são como livrinhos de catecismo, cujo objetivo é ensinar a crença no capitalismo. Quando traçamos um perfil psicológico dos personagens, verificamos que cada um deles reflete uma posição social, de maneira que a criança, o adolescente ou o jovem possa estar criando uma empatia com eles, se identificando e se conformando com sua situação.
<Voltar>

Você já percebeu que:

· as relações interpessoais dos personagens, em especial o Tio Patinhas, reproduziam a lógica capitalista, ou seja, o dinheiro e a acumulação de bens como fator predominante?

· os sobrinhos de Donald, parecem não ter filiação (pelo menos raramente se pronunciaram a respeito) e que apesar disso, vivem felizes para sempre?

· o 'Manual dos Escoteiros' é a sua bíblia? E que esta bíblia tem solução para todos os tipos de problemas que eles tem pela frente? Que este 'Manual' faz dezenas de citações a bruxas, feiticeiros e que ensina a criança até a fazer algumas mandingas ou pequenos feitiços?

· o Donald e o Mickey nunca se casam com Margarida e Minnie, respectivamente? Que são eternos namorados, e nunca constituem uma família?

· o Tio Patinhas passa um espírito de avareza e ambição incontrolável? Que freqüentemente está envolvido com Donald e seus sobrinhos, em expedições à terras distantes e 'imaginárias' em sua busca desenfreada por mais dinheiro? Que estes povos longínquos são (mostrados de maneira subliminar) povos do terceiro mundo, em especial da América Latina e Brasil?

· os índios mostrados nas histórias são sempre inimigos, e não os donos legítimos destas terras?

· os povos estrangeiros geralmente são caracterizados como ingênuos, tribalizados e atrasados?

· desde pequenas, as crianças são ensinadas que o avanço e progresso tecnológico são conseguidos graças a ambição, domínio e força dos poderosos sobre os fracos, e que isso não é injustiça social?

· seus personagens já foram usados [e muito] a serviço do "American Way of Life" (estilo de vida americano) e como propaganda política dos EUA ?
<Voltar>

Alguns fatos sobre a Disney:

· Em 15/11/65, um homem chamado Walt Disney (1901-1966), revela ser o comprador das terras em Orlando, Flórida que em 1º/ 07/71, abriria as portas para o mundo como a 'Disney World'.

· Uma reportagem do Dr. James Dopson no programa chamado "Focus in the family", mostra Mickey Mouse apresentando o último vídeo da Disney: - "Crescendo Homossexual", citando 2 Mickey gays e duas Minnie lésbicas. Através deste vídeo, o porta-voz da Disney convida todos adolescentes a explorar o "maravilhoso mundo da homossexualidade".

· Recentemente a Disney comprou 11 mil acres de terras, para ensinar as técnicas da Nova Era, de Shirley McLane.

· Thomas Schumacker, diretor dos desenhistas da Disney é casado com um homem.

· Um homem que trabalhou 16 anos na Disney relatou que certa vez arrumando os armários dos donos, no 2º andar, viu dentro deles altares com velas negras e pentagramas (estrelas de 5 pontas), e que, em um pentagrama havia uma capa de fita de vídeo para cada ponta da estrela, consagradas ao diabo, para vender e fazer sucesso.

· Em 1993, a Disney compra os direitos das "Tartarugas Ninjas" da Mirage Studios. Só lembrando: As tartarugas, apesar de dóceis, são lerdas e preguiçosas. E ninja, caracteriza alguém senhor de si mesmo, auto-suficiente, inatingível. São caracteristicas marcantes da Nova Era, a auto-exaltação e adoração do homem.

· O australiano Charles M. Jones (criador do Pernalonga) e Tex Avery, dissidentes da Disney, foram os fundadores da divisão de animação da Warner Bros, uma das maiores rivais da Disney .

· Desde 1996, a Walt Disney World é anfitriã do dia anual de G.L.S (Gays, Lésbicas e Simpatizantes). Os organizadores do encontro retrataram num desenho animado Mickey e Donald , Minnie e Margarida como amantes homossexuais.

· A maior igreja protestante dos EUA, através da Convenção dos Batistas do Sul, em 1997, orientou seus quase 16 milhões de fiéis que boicotassem (deixassem de consumir) todos os produtos vinculados à Disney e empresas do grupo. Esta decisão foi tomada pela maioria absoluta de 12 convencionais reunidos em Dallas, Texas, sul dos EUA. O motivo que levou ao boicote foi a "direção antifamiliar e anticristã" da Disney, tendo como argumentos principais:

- A realização de "dias dos gays" na Disneyworld.

- A distribuição de filmes com conteúdo violento como "Kids" e "Pulp Fiction" .

- O programa de televisão "Ellen", em que a personagem principal se revelou lésbica.

- Estender benefícios de assistência médica a parceiros do mesmo sexo de seus funcionários. (Jornal Folha de S.Paulo-Jun/97)
<Voltar>

Relação dos Principais Vídeos da Disney:

Relacionamos a seguir apenas alguns desenhos considerados clássicos. Analisar toda obra da Disney seria uma tarefa que demandaria muito tempo. Porém uma coisa é certa: o exagero na tentativa de divulgar o ocultismo em forma de magia, feitiçaria, encantos, fadas, gnomos, duendes e bruxas, bem como o homossexualismo, é algo que chega a incomodar todo aquele que desenvolve pesquisas nesta área.

Todavia, queremos deixar claro que, os autores deste site, não tem nada contra os homossexuais, aliás, o próprio Deus instituiu o livre arbítrio, e deixou a cada indivíduo a sua opção de vida, opção esta, que também é garantida pela nossa constituição. Temos sim, nos pronunciado com relação à prática da homossexualidade, sem sentido, sem princípios, deflagrada pelos grandes meios de comunicação de massa. A mídia, de maneira geral, tem se encarregado desta divulgação, sem nenhum critério, sem planejamento, sem escrúpulos. Este fato tem provocado muitos problemas sociais, principalmente às camadas menos favorecidas da nossa sociedade. Milhares de jovens e adolescentes hoje, no Brasil e no mundo, estão adotando o homossexualismo como 'estilo' de vida, sem nenhum tipo de preparo ou conscientização, totalmente influenciados pelo poder massificante do meio. Muitos estão iludidos pela utopia, muitas vezes surrealista, pregada por seus ídolos, que entoaram 'hinos de liberdade', mas que, na verdade, não ajudaram nem a si próprios a se libertar das cadeias da depressão, do vazio de seus corações, das suas enfermidades do espírito e da alma, enfermidades estas, que tem levado tantos à própria morte. Este público [alvo], num primeiro momento, foi infectado primeiramente com o vírus midiológico inconsciente e, se foi inconsciente, logo não teve opção de escolha...
<Voltar>

Branca de Neve e os 7 anões - (Snow white and the seven dwarfs) - (83 min. - 1937)

- Foi a 1ª obra prima de W. Disney - História baseada em conto de 'fadas' dos irmãos Grimm.
- Conta a história de Branca de Neve e sua madrasta, que também é rainha e bruxa e que tenta matá-la, com ciúme de sua beleza. Branca de Neve encontra refúgio na casa de 7 anõezinhos, que trabalham em uma mina.
- A analogia dos 7 anões com os Gnomos é muito clara. Por que os anões trabalham numa mina subterrânea ? Ora, os gnomos nada mais são que pequenos espíritos que, segundo os cabalistas, habitam nas regiões subterrâneas. Logo se conclui, que o objetivo é passar a idéia que, apesar de muito feios, eles são bons, são protetores e amigos.
- Foi redesenhado várias vezes por 570 artistas ate se chegar à qualidade desejada. Custou 700 mil dólares (uma fortuna para a época) e ganhou um Oscar especial pela inovação cinematográfica.
- Este filme inspirou Disney a produzir uma série de outros longas-metragens que seriam clássicos da animação.

Fantasia - 135 min. - (1940)

- Como em quase todos os seus filmes, a Disney prega o mundo da fantasia. A fantasia é uma ilusão, uma mentira. A Bíblia diz que o pai da mentira é o diabo.
- No chapéu de bruxo do Mickey tem várias estrelas de 5 pontas e meias-luas, antigos símbolos do ocultismo.
- O destaque é para o camundongo Mickey na cena dedicada à obra de Paul Dukas, 'O Aprendiz de Feiticeiro'.

-Mickey termina o filme com um 'ritual satânico'.

Pinóquio - ( Pinocchio ) - 88 min. - 1940

- Conta a história de um boneco (marionete) de madeira, preferido de uma fada azul que lhe dá vida, enquanto o construtor de brinquedos dorme. Mas para ser um menino de verdade, precisa vencer o defeito de mentir, o que faz o seu nariz crescer.
- "Pinóquio é um dos mais perfeitos desenhos animados que W.Disney já produziu " (Los Angeles Times) - Vencedor de 2 Oscars.
<Voltar>

Dumbo - 64 min. - 1941

- Conta a história de um elefantinho que, por ter orelhas enormes é humilhado num circo, e é motivo de gozação dos palhaços. Este porém, descobre que pode voar ao abanar as orelhas.
- O filme mostra uma cena de Dumbo - embriagado - tem um sonho surrealista. Dumbo sonha com elefantes coloridos contando. Você não acha tudo isto muito estranho ? - Dumbo é um dos desenhos que consta de um trabalho recente feito nos Estados Unidos, divulgados pelo Harvard Center for Risk Analysis, pelos pesquisadores Fumie Yokota e Kimberly Thompson.
- De acordo com o estudo, a cena em que o elefante usa a tromba para 'metralhar' com amendoins os amigos que o importunam, pode passar subliminarmente a mensagem de que é certo reagir a uma gozação com violência.
- O desenho é considerado um dos maiores clássicos da Disney, e ganhou um 'Oscar' com a trilha sonora.

O Elefante reage à gozação atirando amendoins com a tromba, como se fosse uma metralhadora.

Bambi - 67 min. - 1942

- Conta a história de um filhote de veado que fica órfão da mãe, e descobre os perigos da vida na floresta.
- O personagem é macho porém efeminado.
- O nome do tímido gambá é "Flor".
- É orgulhosamente lembrado como o desenho animado preferido de Walt Disney.

Cena em que a mãe do veadinho é abatida com um tiro por um caçador.

Cinderela - A Gata Borralheira - 75 min. - 1950

- História adaptada da obra original de Charles Perrault do século XVII.
- Conta a história de uma jovem pobre que sonha com um príncipe 'encantado' para libertá-la da maldição . da madrasta.
- Um ratinho é descoberto no porão, e ainda não fala como os outros, amigos de Cinderela, porém quando colocam nele um chapeuzinho e um par de sapatinhos como de duendes, este imediatamente começa a falar.
- O nome do gato é lúcifer. Cinderela abre a porta do quarto, a luz entra e bate nos olhos do gato que acabara de acordar, e o chama: " - Lúcifer, venha aqui".
- Logo após esta cena, acontece um diálogo entre a Cinderela e o cachorro (Bruno) que acabara de ter um pesadelo com o gato (Lúcifer). Ela tenta convencê-lo que Lúcifer é bom, e diz: "...Lúcifer tem o seu lado bom..." Isto traz confusão na mente das crianças, pois quando os pais estiverem ensinando a respeito de Satanás, o filho que tem a cena gravada no seu subconsciente, diz a si mesmo: "Ora, mas ele tem o seu lado bom".
<Voltar>                                              Ir para 2ªParte -  Na Disney2

Copyright © 2002 Subliminares.Com.Br. Todos os direitos reservados.
Site desenvolvido por Core Web Labs®.

             COMPRE!